terça-feira, 10 de março de 2009

Contabilidade de Custos e Gerencial

Com o advento da revolução industrial a proliferação das industrias e o surgimento das máquinas e da produção em grande escala , a função do contador tornou-se mais complexa , pois os dados para valorizar o estoque também eram mais complexos, uma vez que as compras de mercadorias foram substituídas por compras de matérias primas e utilizavam favores de produção que as transformavam em produtos destinados à venda.
com isso, a solução foi a utilização do mesmo método de apuração do resultado, das empresas comerciais, com a substituição das compras pelo pagamento da matéria-prima consumida na produção , energia eletrica etc., ou seja, todos os gastos realizados na industrialização dos produtos, que foram denominados Custos de Produção.

Vamos lá

Os componentes dos custo industrial podem ser resumidos basicamente em três elementos.

Material direto aplicado MD exemplo matéria prima ou material secundario e embalagens

Mão de Obra direta na Fabricação do produto MOD que inclui o valor dos salários e encargos sociais

Custos Indiretos de Fabricação CIF Inclui todos os gastos indiretos de Produção.

Devido 'a preocupação dos Contadores , Fiscais e Auditores em fazer da Contabilidade de Custos um instrumento de mensuração monetária dos estoques e resultados , isso deixou-a deficiente como instrumento de administração , não aprimorando para o campo gerencial. Mas com o crescimento das empresas e a distância entre o administradores , os ativos e as pessoas , surge a Contabilidade Gerencial , cujo objetivo é fornecer informações geradas a partir das demonstrações contábeis que ajudam nas tomadas de decisões como essas indagações.

A FABRICA POSSUI CAPACIDADE DE PRODUÇÃO SUFICIENTE PARA ATENDER A DEMANDA ?

QUAL PRODUTO OU LINHA DE PRODUÇÃO DE SER CORTADO, CASO NÃO TENHA CAPACIDADE DE PRODUÇÃO ?

QUAIS OS PARÂMETROS PARA FIXAÇÃO DO PREÇO DE VENDA DO PRODUTO ?

A MATÉRIA PRIMA DEVE SER FABRICADA OU ADQUIRIDA DE TERCEIROS ?

QUAIS OS PRODUTOS DA EMPRESA DA LUCRO OU PREJUISO ?

Entre outras informações a Contabilidade Gerencial permite aos Administradores , atráves da informações geradas , avaliar o desempenho da empresa, verificar se foram compridas as metas estabelicidas no orçamento .
Como principal objetivo da Contabilidade Gerencial é gerar informações para os usuários internos da empresa, ela não segue os principios contábeis , e as informações são geradas nos padrões para atender as necessidades dos administradores.
A contabilidade Gerencial utiliza os dados de custos para o auxilio ao controle e para a tomada de decisôes.

Alguns Conceitos de Contabilidade de Custos :

Na linguagem comercial a palavra custo significa quando foi gasto para adquirir certa mercadoria ou serviço .
O sentido original da palavra custo é aplicado a contabilidade referindo-se 'a fase e os fatores de produção são retirados do estoque e colocados no processo produtivo, adicionando a MÃO DE OBRA DIRETA e os Custos Indiretos de Fabricação.

Gastos :

Compreende todo e qualquer pagamento ou recebimento de ativos, custos ou despesas, como exemplo temos.

Gasto com mão de obra ( salários e encargos )

Gasto com aquisição de mercadorias destinadas a revenda.

Gasto com aquisição de matéria-prima para industrialização.

Gasto com compra de ativos , como equipamentos ou máquinas.

Gasto com aluguel de equipamentos ou máquinas.

Gasto com 'agua ou energia elétrica.

Gasto com aluguel de equipamentos ou do prédio.

Gasto com material de escritório.

Investimento :

São os gastos efetuados em ativo ou despesas e custos que serão imobilizados ou deferidos . Sâo todos os gastos na aquisição de bens e serviços que venham a gerar beneficios futuros em funçaõ de sua vida útil.

Aquisição de Imóveis.

Aquisição de máquinas ou equipamentos.

Aquisição de matéria-prima.

Despesas pré-operacional.

Custos:

São gastos com bens ou serviços utilizados na produção de outros bens e serviços; é todo e qualquer gasto relativo 'a atividade de produção.
São gastos efetuados pela empresa que farão nascer os seus produtos.
Portanto, podemos dizer que os custos são os gastos relacionados aos produtos, que só pode ser reconhecido como tal, no momento que os fatores de produção ( bens e serviços ) forem efetivamente utilizados na produção , gerando um novo bem ou executando um novo serviço.

Alguns exemplos :

Os gastos com a manutenção das máquinas da fábrica.

Os aluguéis e os seguros do prédio da fábrica.

Os salários do pessoal do setor de produção.

As depreciações dos equipamentos da fábrica.

A máteria-prima utilizada no processo produtivo.

Os gastos com a manutenção dos equipamentos da fábrica.


Despesas:


São os gastos com bens e serviços que não fazem parte do processo produtivo , sendo consumidos com a finalidade de obtenção de receitas.
Para entendermos o que são despesas, basta seguir a seguinte lógica: A compra de matéria -prima para produção é o gasto que, a partir do momento que lançamos no estoque , se torna um investimento. Depois , quando é requisitado para o processo produtivo , baixamos e ele passa a ser custo, eo produto originario desse processo retorna ao estoque como produto acabado. Por sua vez, quando o produto é vendido , seu valor torna-se uma despesa, que chamamos de CPV - CUSTO DE PRODUTOS VENDIDOS o que, na verdade, é uma despesa, agregando todos os custos envolvidos na produção do novo be.
Logo, os custos incorporados nos produtos acabados são vendidos.
Notamos então , que as despesas são valores que reduzem o Patrimônio Liquido, demonstrando ser um sacrificio no esforço de se obter uma receita

Temos como exemplo:.

Despesa de água consumida no escritório.

Energia elétrica consumida no escritório.

Salários e encargos sobre a folha do pessoal do escritório.

Aluguéis e seguro do prédio do escritório.

Conta Telefônica do setor administrativo e de vendas.


Desembolso:

É o ato financeiro de pagar uma divida, um serviço ou um bem ou direito adquirido. É a execução financeira dos gastos e investimentos da empres, podendo ocorrer no momento do gasto, que são os pagamentos á vista, ou após o gasto, que são os pagamentos a prazo.
Pagamento é o desembolso resultante da aquisição de bem e serviço.


Perda:


É o consumo de um bem ou serviço de forma anormal e involuntária. As perdas não podem ser confundidas com as despesas, uma vez que estas representam um sacrificio para se obter receita. A perda não apresenta esforço algum como caracteristica geral da receita.
No entanto , assim como as despesas, as perdas são lançadas diretamente na conta de resultado do periodo da empresa.
As perdas normais de matéria-prima no processo de produção são consideradas custo de produção do periodo.

Alguns exemplos :

Perdas com incêndio.

Obsoletismo de estoque.

Gasto de mão-de-obra durante periodo de greve.

Material deteriorado por defeito no equipamento.



4 comentários:

  1. Olá, sou a Maíra do Grupo EC,

    Olhando seu site, verifiquei que ele tem potencial para ser nosso parceiro, por isso temos uma proposta de parceria para rentabilizar seu site através de plataforma de e-mail marketing.

    Por favor entre em contato das 9 as 17:30 pelos canais abaixo:

    Tel: (11) 3207-6000 ramal 24
    E-mail: maira.reis@grupoec.com.br

    Aproveite e acesse nosso site www.grupoec.com.br para ver nossos anunciantes.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    A PUC-Campinas está com inscrições abertas para o curso de especialização em Contabilidade, Auditoria e Controladoria:
    http://www.puc-campinas.edu.br/pos/lato/curso.aspx?id=59
    Pensando em mudar de instituição de ensino, veja quais os procedimentos para se transferir:
    http://www.puc-campinas.edu.br/servicos/transferencias.asp

    ResponderExcluir